domingo, julho 14, 2024
HomeMundoSegunda mulher é achada dentro de cobra píton na Indonésia em um...

Segunda mulher é achada dentro de cobra píton na Indonésia em um mês

Um incidente chocante ocorreu na vila de Siteba, na província de Sulawesi do Sul, Indonésia, nesta quarta-feira (3). Uma mulher identificada como Siriati, de 36 anos, desapareceu depois de sair de casa na terça-feira (2) para comprar remédios para seu filho doente. Este é o  segundo caso  do tipo em menos de um mês que uma cobra devora uma mulher no país. 

Seu marido encontrou seus sapatos e calças a cerca de 500 metros de casa e logo avistou uma serpente próxima ao caminho. A serpente ainda estava viva quando ele a encontrou, segundo o chefe da polícia local, Idul.

Intrigado pelo tamanho incomum da barriga da píton, o marido pediu ajuda aos vizinhos para abrir o estômago do réptil. Foi então que descobriram o corpo de Siriati dentro da serpente.

Esse tipo de incidente é raro, mas não é a primeira vez que algo assim acontece na Indonésia. Nos últimos anos, várias pessoas perderam suas vidas após serem engolidas por pítons na região.

Segundo caso

Em junho, outra mulher foi morta por uma cobra píton de 5 metros na região central da Indonésia. Segundo a agência de notícias AFP, ela foi engolida inteira.

A mulher de 45 anos, da vila de Kalempang, na província de Sulawesi do Sul, havia dito ao marido na quinta-feira que iria vender pimentões para um colecionador. Porém, ela não retornou, e seu marido e parentes iniciaram uma busca, segundo disse o chefe da vila, Suardi Rosi, ao site de notícias Detik.com.

Na manhã seguinte, uma píton foi descoberta perto dos pertences abandonados da mulher, segundo o relato. Moradores e o marido da mulher — identificada apenas como Farida — mataram a cobra e cortaram sua barriga.

Antes, seu marido “encontrou seus pertences… O que o deixou suspeito. Os moradores então procuraram na área. Logo avistaram uma píton com uma grande barriga”, disse Suardi.

“Eles concordaram em abrir o estômago da píton. Assim que fizeram isso, a cabeça de Farida foi imediatamente visível.”

Farida foi encontrada completamente vestida dentro da cobra.

spot_img


Leia mais

Mais lidas

Segunda mulher é achada dentro de cobra píton na Indonésia em um mês

- Advertisement -[post-views] vezes

Um incidente chocante ocorreu na vila de Siteba, na província de Sulawesi do Sul, Indonésia, nesta quarta-feira (3). Uma mulher identificada como Siriati, de 36 anos, desapareceu depois de sair de casa na terça-feira (2) para comprar remédios para seu filho doente. Este é o  segundo caso  do tipo em menos de um mês que uma cobra devora uma mulher no país. 

Seu marido encontrou seus sapatos e calças a cerca de 500 metros de casa e logo avistou uma serpente próxima ao caminho. A serpente ainda estava viva quando ele a encontrou, segundo o chefe da polícia local, Idul.

Intrigado pelo tamanho incomum da barriga da píton, o marido pediu ajuda aos vizinhos para abrir o estômago do réptil. Foi então que descobriram o corpo de Siriati dentro da serpente.

Esse tipo de incidente é raro, mas não é a primeira vez que algo assim acontece na Indonésia. Nos últimos anos, várias pessoas perderam suas vidas após serem engolidas por pítons na região.

Segundo caso

Em junho, outra mulher foi morta por uma cobra píton de 5 metros na região central da Indonésia. Segundo a agência de notícias AFP, ela foi engolida inteira.

A mulher de 45 anos, da vila de Kalempang, na província de Sulawesi do Sul, havia dito ao marido na quinta-feira que iria vender pimentões para um colecionador. Porém, ela não retornou, e seu marido e parentes iniciaram uma busca, segundo disse o chefe da vila, Suardi Rosi, ao site de notícias Detik.com.

Na manhã seguinte, uma píton foi descoberta perto dos pertences abandonados da mulher, segundo o relato. Moradores e o marido da mulher — identificada apenas como Farida — mataram a cobra e cortaram sua barriga.

Antes, seu marido “encontrou seus pertences… O que o deixou suspeito. Os moradores então procuraram na área. Logo avistaram uma píton com uma grande barriga”, disse Suardi.

“Eles concordaram em abrir o estômago da píton. Assim que fizeram isso, a cabeça de Farida foi imediatamente visível.”

Farida foi encontrada completamente vestida dentro da cobra.



Leia mais

Mais lidas